sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

NÁPOLES - UM POUCO DE NÁPOLES

A cidade e a região de Nápoles é ao mesmo tempo um dos lugares mais bonitos e um dos mais malditos da Terra, face ao maior desastre natural que aqui ocorreu. Foi local de preferência dos imperadores romanos para fixarem as suas magníficas e faustosas “domus” para férias já que encontra-se perto de Roma, presentemente, é local por excelência de gente famosa e rica como destino. Talvez essas reviravoltas irreconciliáveis do destino estejam na raiz do famoso cinismo optimista dos napolitanos. A própria cidade de Nápoles é um ambiente urbano vibrante e o centro histórico é verdadeiramente único e de excepcional riqueza pela abundância de um património arquitectónico em contexto humano verdadeiramente particular. 



Aterrámos no aeroporto internacional Capodichino, em Nápoles, a meio da tarde após uma pequena escala em Roma, já no exterior do aeroporto uma das opções à disposição a mais rápida e menos onerosa ao centro da cidade é o autocarro “Alibus” com intervalos de trinta minutos por 8,00€ por pessoa nos coloca em três destinos: Estação Central (Praça Garibaldi), Via Marina (Porta di Massa e ligação ao Molo Beverello) e Praça do Município (Molo Beverello), para breve, prevê-se a chegada do metropolitano, linha vermelha 1, e ligação a toda a rede de transportes colectivos de Nápoles. 

Uma vez alojados a primeira missão foi encontrar um posto de informação turística, apara o efeito, existem três locais onde podemos adquirir o mapa da cidade e arredores: na Stazione Centrale di Napoli (Piazza Garibaldi), Via San Carlo, Piazza del Plebiscito e Piazza del Gesù. Estes locais servem também como pontos de venda do cartão “Campania>artecard” que dá acesso aos locais de arte e cultura em Nápoles e toda a região da Campania, tais como, museus, arqueologia, obras contemporâneas, passeios subterrâneos, lugares de arte sacra e teatros, e o “Unicocampania” para a rede de transportes públicos e a entrega de um folheto dos locais possíveis a visitar na cidade de Nápoles e na região da Campânia, das condições e descontos previstos nas diferentes modalidades, podendo por este facto ajustar em função ao tempo disponível da nossa estadia:

Napoli (3 dias) normal, 21,00€ para Jovens 12,00€
Tutta la Regione (3 dias) normal 32,00€, (7 dias) normal 34,00€ para Jovens 25,00€
Campania>artecard (365 dias) normal 43,00€ para Jovens 33,00€


O centro histórico está dividido em cinco diferentes itinerários, três dos quais seguindo as principais ruas romanas, denominadas por “decumani”, que atravessaram a cidade antiga de leste/oeste. Deixo um apontamento dos locais que não poderão ser perdidos, no entanto, ao mesmo tempo aconselho a terem os olhos bem abertos a outras eventuais curiosidades que poderão estar escondidas ao virar de qualquer esquina. Ambos os itinerários iniciam-se na Praça Garibaldi pois esta é a parte mais fácil para alcançar estando-se acomodado na própria cidade ou em cidades limítrofes.

Percurso 1: Decumanus Maior - de Castel Capuano a Port`Alba


Na Piazza San Francesco e Piazza Nicola
Porta Capuana
Castel Capuano


Pela Via Tribunali
Complexo Monumental e Igreja de Santa Maria della Pace
Pináculo de San Gennaro na piazza Riario Sforza
Complexo Monumental e Igreja del Pio Monte della Misericordia
Complexo Monumental di S. Lourenzo Maggiore (séc. XIII); Igreja/Museo dell´Opera/Ruinas subterrâneas das cidades dos períodos grego e romano.




Napoli Sotterranea e Teatro Greco-Romano (séc. IV a.C. – séc. II d.C.)

Cisterna Greca - Passagem à luz de velas 

Teatro Greco-Romano
Complexo Monumental e Igreja de San Paolo Maggiore


Palácio Filippo d´Angiò, príncipe de Taranto (Arcada)
Igreja del Purgatorio ad Arco


Campanário românico 


Na Via Duomo (desvio à via do Tribunali)
Palácio Cuomo (Museu Gaetano Filangieri)
Ruínas arqueológicas de Carminiello ai Mannessi
Igreja de Santa Maria Donnaregina 
Catedral Duomo: Capela do Tesouro e Museu


Na Piazza Bellini
Exemplo de uma insula romana com cafés, esplanadas e bares frequentados por literários
Muralha grega

Na Piazza de Dante
Port´Alba


Palácio Doria D´Angri


Percurso 2: Decumanus Inferior – da Piazza del Gesù a Piazza Calenda
Na Piazza del Gesù Nuovo
Pináculo dell´ Immacolata


Igreja del Gesù Nuovo


Complexo Monumental de Santa Chiara


Na Piazza S. Domenico Maggiore
Igreja de San Domenico Maggiore
Capela Sansevero

Na Piazza Nilo
Estátua do Deus Nilo
Igreja de S. Angelo al Nilo

Na Via Paladino
Igreja del Gesù Vecchio
Igreja e Claustro de S. Marcelino e Festo

Na Via San Biagio dei Librai
Igreja de San Nicola a Nilo
Palácio e Capela do Monte de Pietà

Na Via S. Gregorio Armeno, la famosa “Via dei Pastori”
Complexo Monumental de S. Gregorio Armeno

Na Piazza Calenda
Muralha grega

Percurso 3; Decumanus Superior – da Academia das Belas Artes ao Museu Madre
Na Piazza do Museu Nacional
Museu Arqueológico
Galeria Príncipe de Nápoles


Na Via Anticaglia
Complexo Monumental di Santa Maria del Popolo o degli Incurabili
Hospital dos Incurabili com a antiga farmácia

Na Via Carbonara
Chiesa di S. Giovanni a Carbonara com o imponente mausoléu
Museu de Arte Contemporânea Madre

Percurso 4 – de Castel dell´Ovo a Piazza San Domenico Maggiore
Borgo Marinaro
Castel dell´Ovo



Na Via Partenope
Fontana dell´ Immacolatella


Na Via Santa Lucia
Igreja de S. Maria della Catena
Igreja de S. Lucia a Mare 


Na Piazza del Plebiscito e Piazza Triestre e Trento
Igreja de S. Francisco de Paula
Palácio da Prefeitura
Palácio Real
Palácio do Príncipe de Salerno
Café Gambrinus
Teatro S. Carlos
Galeria Umberto I









Na Via Toledo (desvio – funicular)
Castel Sant´Elmo
Certosa de San Marino




Piazza do Município
Castel Nuovo
Molo Beverello
Estação Marítima
Teatro Mercadante




Na Piazza Bovio (desvio)
Estátua de Vittorio Emanuel II
Palácio da Bolsa



Percurso 5A Milha Sagrada


Porta de S. Gennaro
Palácio dello Spagnuolo
Ipogei helenístico
Basílica de S. Severo e Catacumbas de S. Severo
Basílica Santa Maria della Sanità e Catacumbas de S. Gaudioso
Basílica de S. Gennaro Extra Moenia e Catacumbas de S. Gennaro
Cemitério delle Fontanelle
Casa Natal de Tótó
Museu Nacional Capodimonte e Parque (desvio)






Tour 1 – Pompeia e Herculano  - (texto Pompeia – Vidas Interrompidas)

Tour 2 - Pozzuoli 




O trajecto mais prático para se chegar a Pozzuoli é a Metropolitana, línea 2, na Estação Garibaldi. Se o litoral central de Nápoles é conhecido por “ Nápoles Real”, a área costeira a oeste bem poderia ser denominada “Nápoles Imperial” devido à enorme popularidade das famílias imperiais nos tempos da época romana. Esta região é praticamente ignorada pelos turistas mas esteve no top para aqueles que estiveram no Grand Tour, no século XIX, até porque inclui um dos melhores Palácios de Itália, Reggia di Caserta, foi construído pelos Bourbons, século XVIII, em torno de quatro pátios e 1200 quartos luxuosos, um grande número de fontes decoradas com estátuas, culminando na Grande Cascata. Comecemos o tour pela visita a Solfatara, a 1 quilómetro a norte de Pozzuoli, um vasto tampão de lava vulcânica, local bizarro dando o tom para reflexões sobre a natureza efémera das coisas. Em seguida, a visita ao Santuário de San Gennaro, local onde o santo patrono de Nápoles se fez mártir sob o imperador Diocleciano. A partir daqui, descemos pela via Vecchia San Gennaro ao grande Anfiteatro de Flávio, o terceiro maior anfiteatro romano do mundo, a seguir ao de Roma e Cápua, com cerca de 40.000 lugares sentados.









Tour 3 - Ilha de Capri 



em breve…


Buon soggiorno e arrivederci a Napoli!


Sem comentários:

Enviar um comentário